Osaka, Japão, a terra do sol nascente.

Reading time: 1 minute

Osaka, Japão, a terra do sol nascente.

Clique aqui para ver esta matéria no YouTube.

Existem hoje mais de 107 mil brasileiros trabalhando oficialmente no Japão.

A maioria dos estrangeiros que trabalham aqui estão localizados em cidades como Tóquio, Osaka, Aichi e Shizuoka.

Os empregos estão concentrados principalmente nas áreas de Tecnologia, Educação, engenharia, medicina, investimento e turismo.

Existem 4 tipos de vistos para brasileiros terem o direito de trabalhar no país.

Se qualificar e ser contratado por uma empresa Japonesa a qual vai fornecer o visto de trabalho por 1 a 3 anos.

Após 3 anos o estrangeiro tem direito de solicitar a cidadania japonesa.

Estudante de graduação e pós graduação, onde a instituição de ensino vai ser responsável pelo visto de estudo podendo ou não liberar para o estudante a trabalhar meio período, ou seja, 28 horas semanais.

Descendente de até a 4ª geração de Japoneses. Como existem 1.5 milhão de japoneses no Brasil, muitos descendentes cansados de viver no Brasil, pedem a sua repatriação para o Japão.

Ser casado com um cidadão Japonês.

O Japão é um país bom de se juntar dinheiro, uma vez que o custo de vida é relativamente barato se comparado ao salário pago.

Somando a isto:

Após 20 Horas de trabalho semanais tem-se o direito ao seguro saúde

Após 30 Horas de trabalho semanais tem -se o direito ao seguro saúde e à aposentadoria.

Em média uma pessoa ganha de 600 a 1500 Ienes por hora = hoje equivalente a 74 Reais.

28 horas semanais x 1500 por hora = 180000 Ienes mês = 8.850 Reais

Faça como tantos brasileiro e venha trabalhar fora do Brasil, garantindo segurança, saúde, escolas de qualidade e estabilidade financeira à sua família.

Quer saber como?

Clique aqui e faça o download gratuito do e-book que vai te mostrar como se preparar a encarar o mundo.

Não perca tempo!

E se você já tiver certeza que quer sair do Brasil e melhorar de vida, clique aqui e adquira o curso CIDADÃO DO MUNDO.

Um grande abraço.

Thorsten

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *