Porque é melhor viver na Europa do que no Brasil

Reading time: 7 minutes

Assista a este post no YouTube clicando aqui.

Tenho certeza que você já ouviu esta frase:
Nada nesta vida se cria, tudo se copia.

Ela é famosa e muito correta.

O ser humano evolui imitando a natureza, animais e outros humanos. Sempre foi assim e sempre será.

Os governos dos países têm a mesma oportunidade, já que são gerenciados por humanos. Cabe agora aos governantes copiarem aquilo que é melhor para o seu país.

Acontece que muitos governantes, não estou dizendo que é o caso do Brasil, preferem atender as suas necessidades pessoais e dos seus partidos primeiro, para depois se dedicarem ao país e ao povo.

Em países com altos índices de corrupção, é comum que os serviços básicos como hospitais, repartições públicas, escolas, estradas etc., sejam terríveis. Podemos dizer que são proporcionalmente opostos, ou seja, quanto maior a corrupção, menor o investimento do governo nestes serviços e quanto menor a corrupção, maior o investimento nos serviços básicos.

Outra coisa que parece ser óbvia, é qua leva tempo para se aprender coisas novas. A gente vê isto em crianças na escola, pessoas aprendendo um novo esporte ou habilidades como dirigir um carro ou pilotar um avião. Você não senta simplesmente dentro de um avião e diz, agora vou sair voando. Não, você passa por um processo de aprendizagem que pode levar de meses até anos.

O mesmo se aplica aos governos. Na verdade, passa se uma estrutura governamental, pode levar dezenas de anos. Portanto, quanto mais antigo o sistema de governo, mais adaptado às necessidades do povo ele costuma ser.

Então vamos ao porque os governos europeus são mais eficazes.

Seja um PATREON, patrocinador do canal e participe de lives exclusivas. Você também terá direito ao acesso à COMUNIDADE CIDADÃO DO MUNDO onde serviços como cursos de idiomas são oferecidos com descontos incríveis. CLIQUE AQUI para se inscrever.

Como a Europa começou a ter suas primeiras estruturas governamentais básicas a mais de três mil anos atrás, começa a fazer sentido, porque a qualidade de vida na Europa é melhor do que nos países latinos.

Agora você vai me dizer que os Estados Unidos da América foram colonizados na mesma época que os países latinos, mas tem a qualidade de vida muito melhores do que o Brasil, por exemplo.

Pois sim, mas é ai que entra a vontade política dos governantes. Enquanto os EUA tinham como função primária a expansão do território inglês e o assentamento de colonos que estavam atrás de oportunidades para melhorarem de vida, a américa latina foi colonizada para extração de riquezas naturais e o enriquecimento do governo colonizador, custe o que custar.

Assim foram enraizados dois tipos de governos. Um na américa do norte, que visava implementar melhorias para os colonizadores e outro que visava o enriquecimento do governo.

Assim os governos se diferenciaram em um copiando coisas boas das estruturas europeias centenárias e outros enriquecendo às custas do trabalho do seu povo sem dar nada em troca.

Agora vamos voltar ao aprendizado. Se o nosso governo decidisse investir maciçamente na educação, saúde pública e segurança, erradicando a corrupção, iria levar pelo menos uma ou duas gerações, para que todos no governo estivessem alinhados com esta ideia e deixassem o presidente implementa-las. Não é fácil ter a maioria dos eleitores e governantes pensando da mesma maneira, ou seja, em pró do povo. Se fizermos as contas, isto levaria pelo menos uns 150 anos para termos as primeiras mudanças visíveis.

Você tem este tempo todo para esperar por uma vida melhor?
NÃO!

Sendo assim, existem poucas opções para você.

  • A primeira, obviamente, é resignar e aceitar as coisas como são e pronto.
  • A segunda é ter muito dinheiro, podendo viver em um condomínio lindo, com segurança particular, plano de saúde top e mandar os seus filhos para escolas particulares de altíssimo gabarito. 
  • A terceira, seria você sair do Brasil e morar em um país onde tudo isto é fornecido pelo governo. Ele não te da isto de graça, mas em troca dos impostos que você paga. Aqui em Dubai pago 5% de taxa de serviço em tudo que compro e tenho todos os serviços básicos de excelente qualidade, exceto escolas que são particulares e tem que ser pagas pelos pais. Mas geralmente o contrato de trabalho que você fecha aqui, acaba incluindo as despesas escolares. Existem países europeus que cobram até 55% de imposto sobre o salário, o que parece um absurdo, mas você não tem mais despesa nenhuma além de alimentação e moradia. No Brasil você paga 41% do seu salário em impostos e agora te pergunto, o que você tem em troca?

Mas digamos que você se encaixa na segunda opção. Tem bastante dinheiro e vive uma vida de qualidade. Agora imagina você saindo de férias, dirigindo o seu carro importado blindado e de repente sofre um acidente em uma das estradas de péssima qualidade. Ou melhor, você foi com seu helicóptero e este bateu em um pássaro atraído por tantos lixões clandestinos….

Onde você acha que o resgate vai te levar depois de prestar os primeiros socorros no local do acidente. Ele vai te levar ao hospital público mais próximo. Você pode ter o melhor plano de saúde do mundo, mas em uma situação assim, vai ser tratado como qualquer outro cidadão. Vai ser atendido pelo SUS em um hospital com recursos limitados e talvez tenha que esperar em algum corredor até que um médico venha te ver.

E se você fizer parte da grande maioria dos brasileiros e não tiver o dinheiro para  todos estes serviços complementares, já deve estar acostumado com filas nos postos de saúde e hospitais, tendo que esperar por meses para poder fazer exames. Provavelmente já sofreu algum tipo de violência como ser assaltado e vê os seus filhos não aprendendo tanto quanto poderiam em escolas de péssima infraestrutura.

Se você quiser se enquadrar na terceira opção, sair do Brasil para ter uma vida melhor, chegou a sua oportunidade. Eu estou te dando a oportunidade de aprender a se preparar para esta mudança e se tornar um expatriado de sucesso.

Como mencionei no início, você tem que evoluir copiando aqueles que sabem fazer as coisas da maneira certa. Eu tenho uma experiência de vida para te passar. Nos meus 41 anos vivendo como expatriado passei por todas situações possíveis e imagináveis, sendo assim a pessoa ideal para te ensinar.

Venha fazer o curso CIDADÃO DO MUNDO e mude de vida, mudando de país. E mesmo que você descubra ao longo do curso que viver fora do Brasil não é para você, você vai aprender muita coisa que mudará o seu jeito de viver para melhor. Agora se não gostar do curso, você tem 7 dias para pedir a devolução total do seu dinheiro. Ou seja, você não tem nada a perder.

O curso vai te custar menos que uma pizza por mês. Qual é a desculpa que você vai arranjar agora?

Venha ser um cidadão do mundo e tenha uma qualidade de  vida muito melhor.

Vão bora…….

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *