O brasileiro está viciado em coisas ruins!

Reading time: 8 minutes

O brasileiro está viciado em coisas ruins.

Assista este conteúdo no YouTube clicando aqui.
Toda terça feira as 19 horas, tem vídeo novo no canal.

Mas vamos lá…

Uma qualidade do ser humano é que ele é capaz de se adaptar a qualquer situação e ao meio em que vive.
Mas esta capacidade se torna um problema, quando nos acostumamos e nos adaptamos as coisas nocivas à nossa existência.

Exemplo disto seria você poder se acostumar a comer somente comida orgânica e saudável, ou então se acostumar a comer somente comida industrializada, como por exemplo, fast food.

No final, o corpo vai estar alimentado, mas a longo prazo, aquele que come somente a comida industrializada vai sofrer de obesidade, pressão alta ou outras doenças comprovadamente associadas à má alimentação.

Estudos comprovaram que uma pessoa que está habituada aos alimentos industrializados tem a mesma dificuldade de mudar para comidas orgânicas, como um viciado tem em se abster das drogas.

Por que isto?

Porque o corpo se acostumou com aquilo e mesmo sendo nocivo, a longo prazo, ele não consegue se abster.

O mesmo acontece com o ambiente em que você vive.

No Brasil, hoje em dia, não nos assusta mais ver noticias de assaltos, sequestros e assassinatos.

Isto sem falar das notícias de corrupção e desvio de dinheiro do nosso governo.

Olhamos para isto e dizemos: O Brasil é assim.

Estamos viciados em coisas ruins!!!

Existe uma síndrome que as pessoas sequestradas adquirem após serem mantidas em um cativeiro.

É a chamada “Síndrome de Stockholm”, onde o sequestrado se simpatiza com o sequestrador, achando que não mal tratado, mas sim que o sequestrador tomou conta dele dando comida, bebida e abrigo.
As vezes isto pode até levar a uma paixão cega.

E do meu ponto de vista, quase todos os brasileiros sofrem da síndrome de Stockholm.

Somos maltratados, enganados, roubados todo santo dia, mas mesmo assim amamos o Brasil e do jeitinho que vivemos.

Isto em parte acontece, pois a maioria não conhece uma vida diferente daquela que ele está vivendo. Não falo de uma pessoa não saber que existem coisas muito melhores e caras, fora do alcance financeiro dela, mas sim de não saber que ela tem o direito à segurança, saúde pública e educação de qualidade muito superior sem ter que pagar a mais por isto.

Já pagamos 41% do nosso salário em impostos e não ganhamos nada de bom em troca.

Veja o vídeo que fiz sobre “porque a Europa é melhor que o Brasil” basta clicar aqui .

Como a maioria das pessoas sempre viu as coisas do jeito que são, aceitou estas como verdadeiras e normais. Mas um dia, alguns de nós tem a oportunidade de aprender e ver que existe uma outra realidade. Uma realidade onde a pessoa paga seus impostos e recebe um serviço de qualidade em troca.

Vai aqui um exemplo!

Seja um PATREON, patrocinador do canal e participe de lives exclusivas. Você também terá direito ao acesso à COMUNIDADE CIDADÃO DO MUNDO onde serviços como cursos de idiomas são oferecidos com descontos incríveis. CLIQUE AQUI para se inscrever.

Em 1979 eu me mudei com os meus pais da Alemanha para o Brasil. Naquela época, TODOS os ônibus que circulavam na Alemanha eram veículos de piso baixo e ainda por cima abaixavam a suspensão para as pessoas entrarem sem dificuldade.
Hoje, 41 anos depois, ainda temos que subir degraus muito altos, para entrarmos em um ônibus. Quantas vezes presenciei pessoas idosas tendo dificuldade de subir no ônibus. Isto sem falar na superlotação do transporte público brasileiro.
Tenho certeza que você já viu pessoas penduradas do lado de fora do ônibus e quando finalmente conseguem entrar, ainda tiveram que pagar pela viagem.

MAS NÓS ACHAMOS ISTO NORMAL !!

Será que não deu tempo das empresas de transporte trocarem a frota por veículos que são de fácil utilização para a população, ou simplesmente não existe fiscalização e vontade política para somente entregar uma concessão para aquelas empresas que tenham veículos bons?

As empresas de transporte, simplesmente comprar os ônibus mais baratos e não querem nem saber se a população vai ser bem atendida ou não. Muitas cidades pelo mundo, que tem o trânsito congestionado, utilizam ônibus de dois andares. Desta maneira, se ocupa o espaço físico de um ônibus, mas leva-se o dobro de passageiros.

No Brasil, São Paulo como exemplo, aumentaram o comprimento dos ônibus. Com isto levam mais passageiros com um custo menor, pois em vez de ter três veículos rodando, utilizam um com o tamanho de três. Assim, economizam em motoristas, cobradores, impostos e manutenção. Mas o espaço físico ocupado por este veículo é o mesmo de três ônibus, não descongestionando nem um pouco o trânsito e nem melhorando o serviço para o usuário.

Mas a concessionária teve as suas vantagens! 

Quando o brasileiro vê estes veículos sendo implantados, acha que tudo vai melhorar, mas não vai. A empresa de ônibus vai colocar um veículo grande no lugar de três pequenos. Se pelo menos colocassem três grandes, teríamos pelo menos uma melhoria na qualidade do serviço, mas isto não acontece.

Então eu te pergunto: 
Onde está o estado que deveria zelar pelo seu bem estar?

Não sou investigador da polícia, mas algo me diz que a corrupção enraizada na nossa política tem algo a ver com isto.

Voltando ao assunto de hoje, se você pega um pássaro que nasceu e foi criado dentro de uma gaiola e abrir a porta ele não sai voando, pois para ele, a gaiola é o seu meio ambiente e zona de conforto. Na verdade, muitos animais nascidos em cativeiro, jamais sobreviverão na natureza.

Podemos transferir este mesmo pensamento para o brasileiro.

A grande maioria só conhece o interior de sua gaiola, ou seja, não sabem que existe a possibilidade de se ter uma vida melhor, pagando os mesmos ou até menos imposto do que no Brasil.

Se você pegar uma pessoa que acabou de se formar no sistema público de ensino e colocar ela em um avião com destino a um país de primeiro mundo, como os EUA, Alemanha ou Japão, ela não vai sobreviver sem ajuda.

Por isto que a grande maioria dos brasileiros sonham em trabalhar fora do Brasil, mas não conseguem realizar este sonho por não ter o conhecimento necessário.

Aí que entra o curso CIDADÃO DO MUNDO, que vai mostrar para aqueles que querem sair do Brasil como fazer isto da melhor maneira possível. Sem cair em armadilhas ou golpes e ser bem sucedido.

Você tem que abrir os seus olhos e perceber que assalto, sequestro, assassinato, filas em hospitais e escolas ruins não é normal!

Isso tudo está errado, comparando sua vida com a do resto do mundo.

Espero que o Brasil consiga evoluir no futuro, mas não acho que isto aconteça nos próximos 200 anos. Seria preciso uma reestruturação do sistema de ensino para que futuras gerações tenham novos valores.

Mas isto seria de interesse do governo?
Isto vai ser assunto para um outro vídeo.

O importante é você saber que existem oportunidades muito melhores fora do Brasil, onde você vai poder ter uma vida de qualidade e poderá oferecer isto à sua família.

Então eu te pergunto:
Por que não se preparar para mudar para um lugar melhor?

Se ao longo do curso, você achar que viver fora não é para você, ainda assim você investiu em você e poderá utilizar este conhecimento para melhorar a sua vida no Brasil. O curso tem a garantia de 100% de satisfação, ou seja, se você não gostar do conteúdo, você tem 7 dias para pedir o seu dinheiro de volta. Clique aqui agora e adquira o CURSO CIDADÃO DO MUNDO.

Ele te mostrará o caminho para você viver em um lugar melhor, seguro, com um bom salário, sistema de ensino de qualidade e hospitais com os quais a maioria de nós só poderia sonhar.

Não perca tempo e mude de vida agora!

O Curso vai te custar menos que uma pizza por mês, mas vai fazer você adquirir um conhecimento que levei a vida toda para juntar. Este curso me custou mais de R$ 50.000,00 para ser apresentado para você. Somente o módulo “procurando emprego fora do Brasil”, poderia facilmente custar R$ 1.500,00.

Então não perca esta oportunidade e clique agora no link abaixo e dê o primeiro passo à uma vida melhor!

Obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *