E se você morrer hoje?

Reading time: 5 minutes

Assista esta matéria no YouTube clicando aqui!

E se você morrer hoje?

Esse artigo é muito importante para os que já são expatriados, mas também é essencial para aqueles que estão se preparando para trabalhar fora do Brasil.

Eu te pergunto: você tem um testamento?

Caso não tenha é importante você providenciar isto.

A razão para você ter um testamento é simples.

Ao se tornar um expatriado, você passa a ter uma situação financeira mais complexa.

Você talvez ainda tenha a sua conta bancária no Brasil e agora vai ter a sua conta no país onde está ou estará trabalhando, bem como terá a sua conta de investimentos em algum outro lugar do mundo.

Sendo assim é muito importante você deixar bem documentado em quais bancos você tem contas bem como quais são as suas propriedades.

Bancos e empresas de investimentos, não são obrigados a rastrear familiares para que estes possam herdar o seu patrimônio. Caso os seus familiares não saibam exatamente onde as suas economias estão, estas poderão simplesmente desaparecer nas mãos das instituições financeiras.

Todo ano, apenas nos EUA, mais de 80 bilhões de dólares não são reivindicados.

No reino unido o valor chega a 77 bilhões de libras.

No resto do mundo não existem estatísticas confiáveis para se chegar a um número exato, mas podemos estimar um valor de 200 bilhões de dólares por ano.

Este dinheiro acaba indo, depois de prazos estabelecidos por cada governo, para os cofres públicos e ali desaparece para sempre.

Seja um PATREON, patrocinador do canal e participe de lives exclusivas. Você também terá direito ao acesso à COMUNIDADE CIDADÃO DO MUNDO onde serviços como cursos de idiomas são oferecidos com descontos incríveis. CLIQUE AQUI para se inscrever.

Fora isto, ainda existem leis locais, como a sharia dos países muçulmanos, onde os seus pertences são distribuídos pelo tribunal local, ficando até mais de 1/3 doado para caridade.

O resto, primeiramente, é distribuído para os filhos homens para depois ser designado à esposa e filhas mulheres. Não preciso dizer que, provavelmente, você não planejou algo assim para as suas economias.

Em 2020 a legislação aqui em Dubai mudou, permitindo que o expatriado ao morrer tenha as leis de sua nacionalidade aplicados à sua herança.

Ainda é importante lembrar que em diversos países, como aqui nos Emirados Árabes, assim que uma pessoa morres, todas as suas contas bancárias no país são bloqueadas e mesmo que o conjugue tenha uma conta conjunta, não será possível acessar esta conta até a justiça decidir sobre os valores.

Antes de liberar o acesso a uma conta corrente pós óbito, primeiramente o governo vai retirar todos os valores devidos como: custos de cremação e traslado, multas de trânsito, custos de encerramento de visto e por aí vai.

Somente depois de todas as dívidas para com o governo estarem quitadas, que a conta bancária será liberada.

Portanto, o jeito mais fácil de evitar problemas é manter um registro do seu patrimônio acessível para os seus familiares e ter um testamento.

Em países árabes, é extremamente recomendado ter um testamento, a fim de evitar que a lei sharia seja aplicada.

Mas cuidado, o testamento tem que ser registrado em uma corte internacional reconhecida pelo país em que você mora.

Sendo assim, é importante você contratar uma empresa de advocacia, para ser orientado em como fazer um testamento internacional que seja reconhecido no país onde você trabalha e recebe o seu salário.

Jeane e eu fizemos o nosso testamento a uns 5 anos atrás e hoje em dia, todo o nosso patrimônio está assegurado de ser encaminhado de acordo com os nossos desejos, seja qual fora a situação.

Digo isto, pois pode até acontecer, tomara que não, que toda a família venha a falecer de uma vez.

E aí, quem vai herdar o seu patrimônio?

São situações complexas, onde somente um profissional pode te auxiliar.

Eu não tenho como recomendar esta ou aquela empresa, pois depende muito do país onde você está ou vai trabalhar. Cada lugar tem as suas leis diferenciadas e somente empresas locais vão saber a solução correta.

Com o testamento, os seus familiares serão informados pela justiça e terão um prazo determinado para tomar posse da herança. Desta maneira, você também poderá definir quais os bens e em qual porcentagem irão para cada familiar seu.

Não deixe o seu patrimônio desaparecer. Mantenha um registro atualizado das suas contas e propriedades, para que os seus familiares possam rastreá-los, antes que se percam para sempre.

Afinal você saiu do Brasil para garantir uma vida melhor para aqueles que você ama e tenho certeza que a sua intenção não é deixar o seu patrimônio cair no esquecimento.

Como você pode ver, são tantos detalhes que são importantes de serem observados na hora de sair do Brasil.

Esta questão da herança, explicada aqui por alto, é apenas a ponta do iceberg.

Para você não cometer os mesmos erros como tantos outros Brasileiros e acabar perdendo tudo aquilo pelo qual você lutou por anos, eu criei o curso CIDADÃO DO MUNDO.

Neste curso, eu te mostro todos os passos necessários para você se tornar um expatriado de sucesso.

É um investimento pequeno se você for comparar com todos os benefícios que você vai adquirir. Começa com descontos especiais em serviços como cursos de idioma e termina na garantia de 100% de satisfação u o seu dinheiro de volta em um prazo de 7 dias a partir da hora da compra.

Parcelado, o curso vai te custar menos que uma pizza por mês e pode mudar a sua vida para muito melhor.

Mesmo que você descubra ao longo do curso que sair do Brasil não é coisa para você, o conhecimento contido nos módulos pode ser aplicado à sua vida ai no Brasil.

Não perca esta oportunidade.

Estou aqui para te ajudar a melhorar de vida.

Venha ser um expatriado e trabalhe fora do Brasil.

Vamo embora!  

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *