ENSINO A DISTÂNCIA DURANTE A PANDEMIA

Reading time: 7 minutes

Você se mudou para o país dos seus sonhos, está trabalhando e de repente, chegou a pandemia e seus filhos tem que estudar em casa pela internet. E agora?

Você já pensou em se mudar para Marte?

Assista esta matéria no YouTube clicando aqui!

Este artigo é para você que tem ou vai ter filhos em idade escolar.

Imagina você tendo acabado de achar o emprego ideal em um país maravilhoso, você se mudou com a família, organizou toda a sua vida em relação à casa, carro e escola.

Ai, do nada, aparece a tal da pandemia e todo o mundo fecha as portas e para.

Só que o seu emprego não parou.

Você precisa entregar produtividade.

Mas os seus filhos não estão indo mais para a escola e sim vão estudar em casa pela internet.

O famoso “home learning”.

Quem vai ficar em casa cuidando dos filhos e dos estudos?

Você que está trabalhando ou o seu cônjuge?

Provavelmente terá que ser o seu cônjuge.

Porém, entra a questão que você se preparou durante um ano ou mais para conseguir mudar de emprego e de país, porém o seu cônjuge não teve esta oportunidade, tempo ou vontade.

Afinal, seu cônjuge tinha a missão nada fácil de cuidar dos filhos e da casa no Brasil, ou também trabalhava ou até as duas coisas juntas.

Mas além do fato que vocês, a não ser que sejam professores, não tem a menor didática para ensinar as matérias escolares aos seus filhos, entra o problema da tecnologia e do idioma.

Se o familiar responsável pelo home learning não for fluente no idioma do país, ou da escola, vai ficar muito difícil de ajudar os seus filhos.

Porque eu digo idioma da escola?

Explico.

Dependendo do país para qual você vai, será muito difícil você preparar os seus filhos para o idioma local.

Ou seja, é muito mais fácil você colocar os seus filhos em um curso de inglês no Brasil e eles ficarem fluentes em alguns meses do que se eles tiverem que aprender o árabe, chinês, finlandês ou japonês.

Estando ciente destas dificuldades, estes países oferecem escolas que ensinam em Inglês e que geralmente também irão seguir a grade curricular do Reino Unido ou Estados Unidos.

Portanto, caso a sua oferta de emprego seja em um país de língua muito diferente, se preparem para aprenderem este idioma com o tempo, mas saibam o inglês fluente antes de se mudarem.

Quando nós viemos para Dubai, o meu inglês era nível 4 de uma escala internacional que vai de 1 a 6, sendo 6 o valor máximo que geralmente só aqueles que tem o idioma como língua materna atingem.

Hoje em dia eu estou no nível 5, mas toda vez que faço o meu teste sou convidado a tentar o nível 6. Com isto posso concluir que sou quase tão fluente quanto um nativo da língua inglesa.

Jeane, minha esposa, por outro lado, tinha o inglês básico.

Sabia se virar no dia a dia, porém se fosse algo mais específico como uma consulta médica onde termos mais técnicos seriam usados, ela ainda precisava da minha ajuda.

Hoje ela faz tudo sozinha e já aconteceu muitas vezes em que ela entendeu algo que eu nem sonhava em saber de que se tratava.

Mas este aprendizado levou tempo e conhecemos várias famílias, onde o cônjuge brasileiro ou de outras nacionalidades, não conseguem se comunicar em inglês, mesmo depois de morarem aqui por muitos anos.

A nossa vantagem é que não precisamos aprender o árabe, pois em Dubai a língua comercial, ou seja, aquela falada nas lojas, hospitais, clinicas e no seu emprego, é o inglês.

Obvio que os locais falam entre si em árabe, mas nós fazemos o mesmo quando encontramos alguém que fala o seu idioma.

A não ser que seja uma conversa entre pessoas de diversas nacionalidades, onde o inglês é usado, você conversa com os seus conterrâneos no seu idioma.

Mas voltando ao assunto home learning, como você vai poder fazer para resolver o problema dos seus filhos?

Seja um PATREON, patrocinador do canal e participe de lives exclusivas. Você também terá direito ao acesso à COMUNIDADE CIDADÃO DO MUNDO onde serviços como cursos de idiomas são oferecidos com descontos incríveis. CLIQUE AQUI para se inscrever.

Primeira coisa que será necessário, caso a escola não forneça, será um computador ou tablet para cada um dos filhos acompanhar as aulas.

A segunda coisa, lógica, mas nem sempre presente, seria uma internet de banda larga e muito boa para que as aulas em vídeo tenham qualidade e não travem.

A próxima coisa, é ter acesso a esta internet em cômodos diferentes, pois, se você tiver mais de um filho, provavelmente eles irão ter as aulas no mesmo horário e um atrapalharia ao outro nesta hora.

Arrumado todo lado logístico e tecnológico, vem a vez da tutoria.

Caso você não tenha didática ou não saiba o idioma, chegou a hora de contar com outros expatriados cujos filhos também estão fazendo o home learning e o tutor tenha didática e saiba falar o idioma.

Vocês montariam um grupo de estudo em uma das casas e desta maneira os filhos estudariam juntos na mesma casa, mas em locais separados e o tutor do grupo ficaria à disposição de todas as crianças.

Este tipo de trabalho em equipe, onde uma família ajuda a outra, é bastante comum entre os expatriados.

Portanto é sempre importante manter um bom relacionamento com a comunidade brasileira no país que você está.

Você não precisa ser um membro ativo, dando festas e comparecendo a todos os eventos sociais, mas precisa estar disposto a ajudar par que possa receber ajuda quando precisar.

E pode acreditar, o momento em que precisará de ajuda, vai aparecer mais cedo ou mais tarde!

Toda esta complicada situação pela qual o mundo está passando agora, não tem precedente histórico. Portanto temos que nos adaptar e superar as dificuldades da melhor maneira possível.

Mas uma coisa eu tenho certeza. Assim que a questão da pandemia estiver sob controle, o mundo vai abrir as portas, sedento de investimentos e oportunidades.

É ali que vai estar a sua oportunidade de achar um emprego muito bom e melhorar de vida.

Para que esta oportunidade possa ser aproveitada da maneira correta e você não perca a chance de se candidatar, você tem que se preparar de acordo.

Como fazer isto?

Com o curso CIDADÃO DO MUNDO.

Neste curso eu vou te ensinar todos os passos necessários para você sair do Brasil de maneira correta e legal, para que a sua expatriação seja um caso de sucesso.

Não perca esta oportunidade. O curso CIDADÃO DO MUNDO custa menos que uma pizza por mês, e tem a garantia de satisfação garantida. Ou seja, se você não gostar do conteúdo, você tem um prazo de 7 dias a partir da hora da compra para pedir a devolução do seu dinheiro. Basta me mandar um e-mail dizendo o que não gostou e pronto.

Toda cominada começa com o primeiro passo, e eu estou aqui para te mostrar para onde o futuro pode te levar.

Venha ser um cidadão do mundo?

VAMOEMBORA

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *